Livros

What I Read: September

setembro 26, 2013,4 Comments

239240
Setembro já passou e voltámos aos meses do frio e da chuva, dos chás e das leituras! Não há nada melhor que ficar no sofá a ler um livro, aconchegadinha por uma manta! 
Aqui fica o que li em Setembro...
September is now gone and we're back at the months of cold and rain, teas and reading! There's nothing better than staying in the couch reading a bouch, cozy with a blanket!
Here's what I read in September...

241
O festim dos corvos | O mar de ferro A feast for Crows
George R. R. Martin
Quem tem vindo a seguir as minhas leituras já deve saber que eu sou uma grande fã de A Guerra dos Tronos. Dito isto, é me impossível fazer uma review imparcial de qualquer livro da saga, já sei logo de antemão que vou adorar! 
Em Setembro li estes dois livros (decidi falar deles em conjunto já que em inglês são apenas um) e agora fiz uma pausa porque não quero mesmo nada ler o último livro e ficar em suspenso na história! Se ao menos o George Martin publicasse um novo livro, não é? haha Aviso: spoilers!!
Para quem já viu a série de televisão, estes dois livros são completamente novidade! Se até agora já tínhamos sido surpreendidos com todas as voltas e reviravoltas do autor então, acreditem, ainda não viram nada! 
Estes livros focam-se muito nas Ilhas de Ferro. Após a morte de Balon Greyjoy, interessa saber quem lhe irá suceder. O seu filho Theon, a sua filha Asha? Ou um dos seus irmãos? A verdade é que a sucessão irá levantar disputas e, apesar acabar por ser Euron "Olho de Corvo" a ser coroado, este vai acabar por levantar uma guerra com o Sul ao procurar invadir e saquear a costa.
Ao mesmo tempo, no Sul, Tywin Lannister é morto e Cersei acaba por tomar o poder como Rainha Regente, tendo dificuldades em encontrar um Mão para Tommen. Jamie recusa a sua proposta e parte para Correrio para acabar com o cerco. Tentando destruir Margaery (que se casou com o seu filho Tommen após a morte de Joffrey), Cersei vai acusá-la de adultério, acabando por ficar também ela presa e, ao convocar Jamie para a defender, fica sem resposta. 
Entretanto, no Ninho da Águia, Sansa continua a fazer-se passar por filha do Mindinho, agora nomeado como Senhor Protector, ficando a conhecer todos os seus esquemas para tomar o poder. 
Arya, por seu lado, encontra-se bem longe, em Bravos, onde assume uma nova identidade e acaba por se cruzar com Sam, que juntamente com Gilly e o meistre Aemon haviam partido para as Cidades Livres. Aemon acaba por morrer e deixa como instruções a Sam de chegar à Cidadela e informar os outros meistres de que deverão enviar ajuda a Daenerys.
Pessoalmente, adorei estes dois livros! Cronologicamente estão em paralelo com o último livro, com a particularidade que Martin decidiu dividi-los geograficamente, ficando A Feast for Crows com o relato do que acontece no Sul e A Dance With Dragons com o Norte. Assim, temos um maior foque nas Ilhas de Ferro, em Porto Real, em Dorne e no Ninho da Águia. Apesar de o livro ser muito interessante, confesso que senti falta de ler sobre algumas personagens, como por exemplo Daenerys, que não aparecem de todo neste livro. Ainda assim, confesso que gostei da divisão, já que nos permite enquanto leitores não confundir tanto os acontecimentos da história. 
Já alguém leu estes livros? Se sim, o que acharam? Ficaram com saudades das vossas personagens preferidas (se bem que com George Martin o mais certo é acabarem por morrer! haha) ou gostaram da divisão que permitiu explorar um pouco mais algumas personagens secundárias da história?
For those of have been following my readings, by now you should know I have a huge fan of Game of Thrones. This being said, it is impossible for me to write an unbiased review of any book of this saga, I know in advance I will love it!
In September I have read these two books (I decided to talk about them together as they're only one in English) and now I took a break because I really don't want to read the last book and wait for the rest of the story! If only George Martin would publish another book, right? haha Warning: spoilers!!
For those who have already seen the tv series, this book is something new! If so far we have been surprised with all the turnarounds in the story, believe me, you haven't seen nothing!
This book focuses a lot on the Iron Islands. After the death of Balon Greyjoy, there's the urge to know who will succeed him. His son Theon, his daughter Asha? Or one of his brothers? Truth is this succession will raise a lot of disputes and, despite the fact it is Euron "Crow's Eye" that will be crowned, he will start a war with the South when trying to invade and plunder the coast.
At the same time, in the South, Tywin Lannister is dead and Cersei takes the power and Regent Queen, struggling to find a Hand for Tommen. Jamie refuses the proposal and leaves to Riverrun to end the siege. Trying to destroy Margaery (who has married her son Tommen after the death of Joffrey), Cersei will accuse her of adultery, but she ends up arrested as well and, when summing Jamie to defend her, she gets no answer.
Meanwhile, at the Vale, Sansa continues to pretend to be Petyr's daughter, now named as Lord protector, by getting to know all his schemes to take the power.
On the other hand, Arya is far away, in Bravos, where she takes a new identity and ends up crossing paths with Sam who, along with Gilly and Maester Aemon, has left to the Free Cities. Aemon ends up passing away and leaves Sam instructions to arrive to the Citadel to warn the other maesters that they must send help to Daenerys.
Personally, I loved this book! Chronologically it is in paralel with the last book, with the difference that Martin decided to divide them geographically, with A Feast for Crowns describing what happens in the South and A Dance With Dragons staying with the North. This way, we have a bigger focus on the Iron Islands, in King's Landing, in Dorne and in the Vale. Despite the fact this is a very interesting book, I must confess I missed reading about some characters such as Daenerys, who doesn't show up at all in this book. Yet, I have enjoyed this division as it allows as not to mix up what happens in the story.
Has anyone read this book? If yes, what did you think about it? Did you miss your favourite characters (even if with Martin they may just end up dead! haha) or did you enjoy the division that allowed you to explore a bit more some secondary characters in the story?

242
Uma americana em Pequim Kitchen Chinese
Ann Mah

Eu tenho que confessar que leio muitos livros sobre a China, então se for algo histórico/político, especialmente da era de Mao, então podem ter a certeza que é a minha praia! Com isto em mente, a minha mãe ofereceu-me este livro! Tem Pequim no título, logo deve acabar por ser algo relacionado com a China, certo? Bem, um bocadinho. Eu encaixaria este livro nos 'romances culinários' (acho que acabei de inventar uma nova categoria de livros!), algo um pouco no estilo de Como água para chocolate ou Julie e Julia, com a diferença que neste livro a personagem principal, Isabelle, actua um pouco mais como crítica culinária do que propriamente como cozinheira numa viagem de auto-descoberta. 
Isabelle, uma rapariga de ascendência chinesa, trabalha no mundo das revistas de moda de Manhattan até ao dia em que o namorado se separa dela e acaba por ser despedida. Tomando uma decisão drástica, decide ir viver para Pequim, apesar das barreiras linguísticas. Aí, vai trabalhar como crítica culinária, procurando ultrapassar choques culturais...
Este livro é uma leitura bem leve e, apesar de não ter nada a ver com aquilo que inicialmente esperava, não é mau de todo. Se gostarem deste tipo de livros, então com certeza que é mesmo para vocês! Se, tal como eu, acabarem por ler este livro por acaso, vale a pena nem que seja pelas descrições da culinária chinesa!
I must confess I read a lot of books about China, especially if it's something historical/political from the Mao era, then it is definitely 'me'! With this in mind, my mom gifted me this book! I mean, it had 'Beijing' on the title so it should have something to do with China, right? Well, a little bit. I would fit this book in 'culinarian novels' (I think I have just invented a new category of books!), something a bit on the style of Like water for chocolate or Julie and Julia, with the difference that, in this book, the main character, Isabelle, acts more like a culinarian critic rather than a cook in a journey of self-discovery.
Isabelle, a girl with chinese roots, works in the world of fashion magazines in Manhattan until the day her boyfriend breaks up with her and she gets fired. Taking a drastic decision, she decides to leave to Beijing, despite the language bareers. There, she will work as a culinarian critic, trying to surpass the cultural shock...
This book is a light reading and, despite the fact it has nothing to do with what I initially expected, it ain't that bad. If you like this kind od books, then it is definitely for you! If, like me, you end up reading this book at random, then it is worth at least for the description of chinese culinary!

243


A ler também...

4 comentários:

  1. As tuas fotografias são de morreeer! ♥


    - bloomingflowersinjuly.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Não li nenhum deles, mas parecem ser bons livros! :)

    ResponderEliminar
  3. os da Guerra dos Tronos são óptimooooos!!

    ResponderEliminar