segunda-feira, janeiro 16, 2017

Menos de 24 horas em Le Mans, a lendária cidade das corridas de automóveis

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Le Mans, cidade francesa na região da Sarthe, é especialmente conhecida pela sua lendária corrida, as 24h de Le Mans, a qual é disputada desde 1923 com circuitos não só para carros como também para camiões e motos. 
Ainda assim, Le Mans é mais do a paixão pelos automóveis e tem muito a oferecer! A 250km de Paris (mas a menos de 1h de TGV), Le Mans é ainda conhecida por ser uma antiga colónia galo-romana que abriga um muro que cerca a cidade velha, um centro histórico bem preservado com uma catedral imponente, ruelas medievais e uma paixão pelas suas famosas rillettes (um tipo de patê de porco de consistência fibrosa muito saboroso).

Ler mais...
Sem comentários
Partilhar:

sábado, janeiro 14, 2017

Deambulando por Barcelona: do antigo Barri Gòtic às modernas Ramblas

Drawing Dreaming - visitar Barcelona - Plaça Sant Jaume
O nosso último dia em Barcelona começou no Barri Gòtic, o qual percorre o coração da Barcelona antiga, onde teve início a cidade. Partindo dos tempos em que Barcelona (ou melhor, Barcino) era uma província romana, passando pela Idade Média, pela ocupação napoleónica e mesmo pela Guerra Civil Espanhola, este bairro de Barcelona é o exemplo de como uma cidade em constante mutação pode ainda assim guardar vestígios do seu passado.

Ler mais...
4 comentários
Partilhar:

quinta-feira, janeiro 12, 2017

10 razões para visitar a Disneyland Paris pelo menos uma vez na vida

Drawing Dreaming - 10 razões para visitar a Disneyland Paris - Walt Disney Studios
A minha primeira visita à Disneyland Paris data a 2000. Dessa visita (de apenas um dia) guardo na memória o facto de na altura apenas existir um parque - o Disneyland Park - e recordações de pequenos detalhes que vi ou de atracções para crianças que fiz.
Esta foi a minha única visita ao resort francês enquanto verdadeira guest, a única vez que entrei neste mundo encantado enquanto visitante, pronta a descobrir toda a magia que tem para oferecer. Esta experiência dificilmente faria de mim uma expert da Disney não fosse o facto de em 2014 me ter mudado para França para trabalhar como cast member na Disneyland Paris!
Trabalhar aqui vários anos a tempo inteiro, ocupando diferentes profissões (incluindo a de Guia VIP), fez com que não só o meu conhecimento como também o meu amor por esta companhia crescesse. Se até aqui sempre tinha passado ao lado da euforia pela Disney, a verdade é que me tornei uma acérrima defensora das cores da empresa e, claro está, da Disneyland Paris.
Como tal, presumo que não seja de espantar que tenha tornado uma missão pessoal convencer tudo e todos a visitá-la! Se nunca tiveram a oportunidade de visitar a Disneyland Paris, aqui fica a minha lista de 10 razões pelas quais têm que o fazer pelo menos uma vez na vida...

Ler mais...
4 comentários
Partilhar:

terça-feira, janeiro 10, 2017

Por que visitar Vaux-le-Vicomte, o magnífico predecessor de Versailles

Drawing Dreaming - visitar o Château de Vaux-le-Vicomte
Deslumbrante símbolo da arquitectura barroca francesa, Versailles é uma das atracções mais populares nos arredores de Paris, mas o que muitas pessoas não sabem é que esta jóia palaciana se inspirou noutra menos conhecida: o palácio de Vaux-le-Vicomte. A cerca de 60km de Paris, este último conta com uma história tão atribulada quanto fascinante, interiores esplêndidos e jardins elegantes, o que faz com que seja imperdível visitá-lo!

Ler mais...
Sem comentários
Partilhar:

sexta-feira, janeiro 06, 2017

O comboio atrasado para Marselha ou a história de como (quase) não visitei a cidade

Drawing Dreaming - roteiro Provença - visitar Marselha - Vieux Port
Por muito que viajar seja um dos maiores prazeres que tenho na vida, nem sempre acaba por ser tão perfeito quando inicialmente imaginamos. Lembro-me de uma vez ter lido uma frase do autor americano Paul Theroux que dizia que "viajar só é glamouroso em restrospectiva" e, embora não concorde a 100% com esta opinião, a verdade é que ao emigrar sozinha já tive a minha quota parte de momentos menos bons em viagem. Ainda que não tenha propriamente histórias macabras de viagens que acabaram mal como alguns viajantes, já me aconteceu dar por mim em viagem a pensar como é possível ter tão pouca sorte.

Ler mais...
Sem comentários
Partilhar: